Jornal: Brasil e México serão prioridades de Obama

Como evidência da atenção às duas nações latino-americanas, o La Nación diz que "de Chicago, onde passa seus dias junto a sua equipe de transição, Obama conversou por telefone com os presidentes de ambos os países, Luiz Inácio Lula da Silva e Felipe Calderón, em sua primeira rodada de contatos com líderes internacionais". "Dias depois, continuou (os contatos) com Cristina Fernández Kirchner (presidente da Argentina) e o colombiano Álvaro Uribe." Mas Obama "não falou (...) com (o presidente da Venezuela) Hugo Chávez, a quem criticou durante a campanha e durante seu trabalho como senador, mas que também destacou como exemplo de um antagonista dos Estados Unidos com quem estaria disposto a dialogar, ao contrário de Hillary Clinton, que provavelmente será sua secretária de Estado". O jornal diz que "a viagem para o Brasil, segundo rumores em Washington, poderia se concretizar numa escala antes ou depois da Cúpula das Américas, que se realiza em Trinidad e Tobago, entre 17 e 19 de abril próximo". Segundo La Nación, a lista de nomes para a equipe de Obama para a região "inclui vários ex-funcionários de (gestão do presidente) Bill Clinton, como Arturo Valenzuela, Nelson Cunningham, Frank Sánchez e Robert Gelbard, entre muitos outros". "Além disso, (poderia incluir) especialistas em América Latina como Julia Sweig, e inclusive figuras republicanas como Carl Meacham, que trabalha para o senador Richard Lugar no Comitê de Relações Exteriores." BBC Brasil
File Under: