Promotor que matou jovem deve ser julgado amanhã (26)

O promotor Thales Ferri Schoedl deve ser julgado nesta quarta-feira (26) pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo por ter matado o jogador de basquete Diego Mendes Modanez e ferido o estudante Felipe Siqueira de Souza em uma praia em Bertioga, a 103 km de São Paulo, em dezembro de 2004. Segundo a Polícia Civil, Schoedl disparou 12 vezes contra o jovem. De acordo com a versão do promotor, ele e a namorada deixavam uma festa na Riviera de São Lourenço, quando um grupo de mais de dez jovens teria abordado a moça. Thales alegou que, ao atirar, agiu em legítima defesa. Ele se mantém no cargo por liminar concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em outubro deste ano, embora esteja afastado de suas funções.
File Under: