Cajazeiras: Apresentador manda tirar prefeito do ar que se revolta e vai aos estúdios

Nem bem se aliviou a repercussão do discurso do ex-líder do Governo Cássio Cunha Lima, o deputado Ricardo Barbosa, em um comício do candidato a prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu, onde Barbosa atacou fortemente a obra de recapeamento da malha asfáltica que está sendo feita na cidade pelo prefeito Carlos Antonio, uma nova desavença a cerca da referida e polêmica obra armou-se na ‘Terra de Padre Rolim’, que ferve cada vez mais na medida em que se aproxima a disputa nas urnas.Não se comenta outra coisa na cidade, que não seja as sonoras trocas de farpas entre o prefeito Carlos Antonio e o radialista Adjamilton Pereira, da Rádio Difusora AM.
No programa Boca Quente desta quinta-feira(19), Adjamilton voltou a criticar a obra de recapeamento asfáltico da prefeitura, dizendo que a obra não tem a menor segurança, e que está sendo feita com asfalto frio. O que o radialista não esperava, era que o prefeito Carlos Antonio fosse ligar para o programa e, ao vivo, rebater com todas as suas armas as acusações feitas por ele.

Tirado do ar
Carlos Antonio chamou de ‘inverdade descarada’ e ‘divulgação maliciosa’ os comentários de Adjamilton sobre a qualidade do material usado na obra. Não demorou muito para que a troca de acusações entre os dois transformasse o programa num verdadeiro pandemônio. A certa altura, quando Carlos Antonio reivindicava o direito de resposta, reforçava a credibilidade da empresa que realiza a obra, e acusava Adjamilton de tentar denegrir a sua administração em benefício da coligação oposicionista, o radialista pediu que cortasse a ligação do prefeito.
Quem achou que a briga terminaria ali, se enganou. Instantes depois, o prefeito Carlos Antonio foi até a Rádio Difusora, acompanhado dos engenheiros responsáveis pela obra de recapeamento, e se dirigiu até o estúdio do programa para reivindicar mais uma vez seu direito de resposta.
Ao perceber a presença do prefeito, Adjamilton encerrou o programa às 3:15h da tarde, bem antes do horário normal de encerramento, que é às 4:00h. Enquanto isso, um grande número de curiosos já se formava em frente ao prédio da Rádio Difusora.Depois de mais alguns minutos de bate-boca dentro da rádio, Carlos Antonio se retirou do local e foi até a Rádio Alto Piranhas, onde tomou para si a palavra e voltou a defender a credibilidade da obra.
Enquanto isso, em outra rádio local, a Rádio Oeste da Paraíba, chovia ligações de ouvintes que se solidarizavam com o prefeito cajazeirense.

informações do portal do sertão

File Under: